09
Fev 11

Cairo

O Acordo de Paz entre Egipto e Israel é pago a peso de ouro por este país e em quota maior pelos EUA, acordo esse já sem letra, ultrapassado, fora de tempo, sem necessidade de persistir tal como existe, porque os povos estão cansados de guerra e a começar a despertar para a realidade que é a pobreza, a fome, o sofrimento, os feridos, os amputados, a morte e as condições humilhantes como vivem, e, já identificaram o verdadeiro inimigo.

Até, internamente, em Israel se movimentam, cada vez, mais as vozes contra a guerra.

Os americanos, o povo, alguns políticos influentes que sabem onde pisam, não vai aceitar participar em mais guerras, para mais vazias, ocas, outra vez?

…e no Médio Oriente? Com tantos Judeus americanos? Isso seria como uma guerra em casa!

Mentiras, outra vez? Não já ninguém acredita nestes políticos… Será que eles ainda não entenderam?

Assim sendo, os EUA e Israel tinham o maior interesse e ’ interesses’ em que tudo ficasse pela rama, não passando de uma manifestação isolada, mas foram surpreendidos e após algumas hesitações, divisões na própria Administração e no Pentágono, viram-se depois obrigados a defender uma transição tranquila, a seu mote e de forma a manter o status quo. Mas …e agora?

O que desarmou completamente o poder reinante no mundo foi a surpresa, nos países onde o povo saiu às ruas, não há grupos formados e organizados com origem religiosa ou política, nem com outra motivação que queiram tentar inventar, e, o mais incrível é que nem se atrevem a pronunciar já sobre tal assunto, após o que se passou com os presos de delito comum que foram libertados pelas autoridades egípcias a mando de Hosni Mubarak, são mesmo demonstrações de indignação espontâneas dos povos, mobilizadas pelas novas tecnologias, redes sociais, sms, etc.

A partir do caso ‘Wikileaks, Julian Assange e a sua pequena equipa’, foi despoletada uma bomba, cujas baixas, feridos e mortos, são provocados pelos exércitos dos senhores do poder, do sistema, porque os povos saem sem armas, são atacados, como já assistimos, mataram cobardemente um jovem desarmado e isolado, a este vimos, e, os que não conseguimos ver?

Foram mensagens entre americanos, mencionando os nossos próprios governantes, referindo casos de que se suspeitava e que se passaram a considerar ‘verdades’ quando expressas por diplomatas, gente importante a informar Washington. O próprio ato em si, aparentou o que se pensava e o que por vezes nem se imaginava, o domínio de uns sobre outros, a falsidade de certas posições ao longo de décadas e o povo a sofrer, a ser lançado para a frente da batalha.

Mas há mais, é toda uma região que fica à mercê dos povos e deixa de ser controlada pelo poder económico internacional, os sem cara, porque é ali que tudo fervilha, é naquela região do Planeta Terra que está o ponto de ebulição da grande e nova vaga radical, ‘TSUNAMI’, a revolução que nos vai devolver o mundo.

Não podemos, nem devemos abandonar aquela gente, este é o tempo dos Povos do Mundo se juntarem!

Não será por acaso que tudo começa numa região de Civilizações Milenares! Os Sul-americanos já tinham começado!

A seguir somos nós, os Europeus! A Europa está de rastos…

Os povos que vemos todos os dias a lutar nas ruas não estão bem, nós, portugueses, europeus, também não, porque estamos desequilibrados, não faz sentido a forma como tudo está distribuído, crianças com armas nas mãos? Crianças com fome? Em subnutrição? No século XXI?

Onde uns falam de televisão digital e tecnologias incríveis?

Não há pão ou arroz no Haiti? E África?

Não há empregos em Portugal, na Tunísia, no Egipto, na China que entretanto anda às compras pelo globo fora?

Problemas climáticos? Poluição? Assina, ou, não assina o acordo global para redução disto e daquilo? BASTA!

Quem nos tem orientado ultimamente está a fazer um mau trabalho, assim só têm um caminho: DEMITAM-SE!

Dêem lugar a gente honesta, a gente séria, a gente de ação, de campo, porque existem pessoas assim, sim é verdade, é preciso acreditar, eles estão aí todos os dias incógnitos, não andam de bicos de pés, e, é por causa deles que isto ainda ‘flutua’, são esses ‘carolas’, alguns a expensas próprias que abnegadamente fazem ainda o Mundo rodar sob si próprio e o sol aquecer alguns abençoados!

Chegou o tempo de ir para a rua, lutar pela nossa Vida e pela Vida dos nossos Filhos!

O que está, realmente, em causa é o futuro da Humanidade, das Civilizações, da Natureza, no fundo, do nosso Planeta Azul!


publicado por FV às 19:20
sinto-me: motivado!
música: Herbie Hancock's "Imagine", featuring Pink, Seal, India.Arie
tags:

arquivo
as minhas fotos
arquivo
mais sobre mim
pesquisar
 
(O direito de autor é reconhecido independentemente de registo, depósito ou qualquer outra formalidade artigo 12.º do CDADC. Lei 16/08 de 1/4) (A registar no Ministério da Cultura - Inspecção - Geral das Actividades Culturais I.G.A.C. - Processo n.º 2079/09)